segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cagando

Pode não ser minha especialidade prestar atenção, mas, sim, às vezes presto atenção àquilo que talvez não interesse imediatamente aos outros, isto é, aquilo que geralmente passa despercebido e em que se precisa refletir muito para que se consiga extrair um suco ajuizado ou ainda mais insano que a realidade, ou no fim, até prosaico. Digo isso porque um dia desses eu andava na calçada ao lado do Palácio de Karnak, em Teresina, e, mesmo acompanhado conversando com três amigos, escutei um mendigo dialogando com outros: “- Vou cagar lá dentro do palácio”. Naquele instante, então pensei: “- Que lindo! Ele vai cagar lá dentro”. Putz! Será que ele fez uma crítica construtiva ao Governo? Será que a dirigia a nós? Ou queria só cagar mesmo e eu que fui intrometido no seu diálogo? Ha-hA! Isso me fez pensar se sabemos criticar o Governo, e se sabemos, primeiramente, nos criticar. Nossa, fiquei com vontade de cagar lá também...rs! Mas vou antes ao meu banheiro.


Caxias,
Junior Magrafil (20-07-2009)

2 Comentários:

Leonardo almeida disse...

... Isso me fez pensar se sabemos criticar o Governo, e se sabemos, primeiramente, nos criticar.
-

nossa, você me surpreendeu.

Juliel Melo disse...

legal a escrita, eu acho que esse fulano queria mesmo cagar.

Postar um comentário

 

Copyright © 2010 .: Permita-se :. Poemas de Magrafil | Design by Junior A. Magrafil