quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O vôo dos pombos

O pombo-comum ou pombo-das-rochas (Columba livia) é uma ave columbiforme bastante comum em áreas urbanas. Alimenta-se de sementes, grãos e frutas e, nas cidades, do que estiver disponível nas ruas. Os casais são muitas vezes constantes; o macho faz reverências à fêmea e ambos se acariciam na cabeça com freqüentes arrulhos. Quando a fêmea põe os ovos, estes são chocados por ambos para dar origem a novas crias.
Às vezes penso “o pombo parece comigo – pelo menos um pouco”. Aí lembro que não posso voar tão alto quanto ele, nem escutar tão longe quanto. Mas o importante é que tento, tento ser uma pessoa melhor, tento cuidar da minha fêmea com carinho, vou fazer de tudo pra ser mais compreensivo e acolhedor; gosto de dar presentes bem sutis e simples, sentimentais e eternos, daqueles que puxam a mão da emoção pra convidá-la a flutuar um pouco e deixar a razão brincar sozinha.
Todo mundo sabe que prefiro a cidade (p.s.: com clima de cidade, com jeito de cidade, com tudo o que uma pessoa urbana como eu gosta!), por isso canso de ligar com pessoas pueris (porém com a maldade dos deuses) que me circundam. Aí vou atrás do meu paraíso infernal. Vôo pra lá com minhas pequenas asas em busca do sentimento maior.
Depois de passar uma tarde inteira sem entender meus pensamentos, confuso porque não conseguia enxergar as coisas mais de perto, vi que o melhor mesmo é cuidar da nossa casa.
Sabe o que quero agora? Chocar nossos ovos.


Caxias,
Junior Magrafil (20-08-2009)

1 Comentários:

OverVitch disse...

Gosto de chocar ovos,quando encontro uma pessoa compatível,mesmo nos menores detalhes foxx,e urbanidade então..nem se fala..adoro loucura de pessoas,fumaça de carros e ônibus e tudo que seja relativo à bagunça urbana.Me sinto "On"

Postar um comentário

 

Copyright © 2010 .: Permita-se :. Poemas de Magrafil | Design by Junior A. Magrafil